Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tatanka

Rita Carmo

Tatanka (Black Mamba): “Eu sou artista desde os 7 anos. Vou fazer agora 37... Já estou quase como os Xutos & Pontapés”

Filho de pais “hippies”, cresceu numa quinta na vila de Sintra “no meio dos palácios”, com a música sempre por perto desde tenra idade. Pedro Taborda, que o país conhece como Tatanka, voz dos Black Mamba e de 'Love Is on My Side', canção vencedora do Festival da Canção, diz no podcast Posto Emissor que, para si, “a música é uma coisa muito espiritual, não é uma cena de fama, de 'hits'”. Para ouvir aqui

Vencedor do Festival da Canção à frente dos Black Mamba, Tatanka é o convidado da mais recente edição do Posto Emissor, o podcast na BLITZ.

À conversa com Luís Guerra, o músico que levará 'Love Is on My Side' à Eurovisão, em maio, nos Países Baixos, conta que desde cedo tem a música a seu lado. “Eu sou artista desde os 6 ou 7 anos. Vou agora fazer 37... Estou quase como os Xutos & Pontapés (risos)", graceja, em alusão à longevidade da banda veterana.

Filho de pais “hippies”, Pedro Taborda - seu nome de batismo - cresceu numa quinta na vila de Sintra "no meio dos palácios", considerando que esse ambiente se reflete no estilo de música que abraçou, "na 'vibe' e na maneira de estar em palco". Para Tatanka, a música é sinónimo de espiritualidade, "não é uma cena de fama, ou de sucessos". "É a minha vida", remata.

Ouça a resposta completa no Posto Emissor a partir dos 26 minutos e 50 segundos: