Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Nuno Bettencourt revela que o primeiro álbum dos Extreme em 15 anos está finalizado

Vem aí o sucessor de "Saudades de Rock", de 2008. Palavra de Nuno Bettencourt

Nuno Bettencourt deu uma entrevista ao programa Life In Six Strings, que Kylie Olsson mantém no YouTube. O guitarrista português anunciou que o primeiro álbum dos Extreme em 15 anos está finalizado.

O sucessor de "Saudades de Rock", de , deveria ter sido editado em março de 2020, mas esses planos foram adiados devido à pandemia. "Os fãs ainda me chateiam o juízo nas redes sociais, a perguntar que é feito do disco", contou.

"É difícil explicar. Nós podíamos lançá-lo, dizer que está no iTunes ou no Spotify. Mas somos uma banda que faz digressões. Isto talvez seja um pensamento arcaico, mas queremos partir e tocar isto ao vivo, lançá-lo então", explicou.

Os Extreme estão de momento sem uma editora, o que também contribui para que ainda não tenha disponibilizado o álbum. "Houve reuniões via Zoom, mas [as editoras] não sabiam o que se estava a passar. Do género: 'querem assinar um contrato quando há pessoas a morrer e o mundo fechou?'. Pelo que fizemos uma pausa".

Ao longo das últimas semanas, continuou o músico, as perspetivas melhoraram - pelo que o novo álbum dos Extreme, ainda sem título, pode ser editado em breve. "Mal posso esperar para o partilhar convosco", disse.