Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Bruno Mars acusado de se fazer passar por negro, musicalmente. “A minha música vem do amor”, defende

O músico norte-americano nascido no Havai está a ser acusado de apropriação cultural. E já reagiu

Bruno Mars defendeu-se das acusações de apropriação cultural que têm marcado a sua carreira.

Em entrevista ao programa de rádio The Breakfast Club, o músico nascido no Havai reagiu às acusações de que se tem apropriado da música negra, ao longo da carreira.

"Creio que não encontrarão uma entrevista onde não mencione os artistas que me influenciaram", diz. "Só estou aqui por causa do James Brown, do Prince, do Michael Jackson. Cresci a ver o Bobby Brown e a pensar: 'se é assim que nos tornamos famosos, tenho de aprender a fazer estes passos de dança'."

"A minha música vem do amor. Se não o conseguem ouvir, não sei o que vos diga."

O autor de 'Uptown Funk' acrescentou, ainda: "Que sentido faz sermos músicos se não aprendermos com quem nos antecedeu? Porque é que eles o fizeram? Espero que, no futuro, haja uma banda que pegue no que nós fizemos e o transforme à sua maneira", completou.