Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Carolina Deslandes ao vivo na 2ª eliminatória do Festival da Canção 2021

RTP

A ansiedade de Carolina Deslandes

Cantora não gostou da análise publicada pela BLITZ onde se conclui que o vencedor do Festival da Canção nem sempre é o artista com maior popularidade

A cantora Carolina Deslandes, que se tornou conhecida do grande público com o êxito 'A Vida Toda', editado em 2017, publicou esta segunda-feira, na sua conta no Instagram, um vídeo em que se insurge contra um artigo publicado pela BLITZ e assinado pela jornalista Lia Pereira, onde se procede a uma fria e objetiva análise das suas probabilidades de conquistar o Festival da Canção com 'Por Um Triz', canção de sua autoria e por si interpretada. Nesse artigo, questiona-se se Carolina Deslandes irá vencer o certame, até porque se trata da mais popular intérprete entre todos os que participaram nas duas eliminatórias do mesmo: “Será que Carolina Deslandes vai ganhar o Festival da Canção?”

No artigo, a jornalista da BLITZ e do Expresso interroga-se sobre as probabilidades de sucesso de Carolina Deslandes e da canção 'Por Um Triz', analisando o contexto da letra, a performance da canção no YouTube, onde só é ultrapassada por um outro concorrente, o número de seguidores no Instagram, e olhando para o que sucedeu em edições passadas, nomeadamente a anterior, em que venceu Elisa. A conclusão, expressa no entrada do artigo, decorre dessa análise: “a história recente mostra que nem sempre o concorrente mais famoso é o vencedor”.

Esta conclusão não agradou a Carolina Deslandes, que viu nela uma forma de influenciar o júri do Festival da Canção, insinuando que a BLITZ não mais deveria escrever sobre ela e os seus desempenhos artísticos ou outros. A declaração, segue-se aos inúmeros 'posts' da artista portuguesa nas redes sociais, em que abre as portas da sua vida privada aos seu vasto número de seguidores como aqui, aqui, aqui, aqui ou aqui. Demonstrando alguma ansiedade relativamente ao que o júri – do qual fez parte, nas semifinais, a fotógrafa Rita Carmo, mas não em representação da BLITZ – possa considerar, Carolina Deslandes sublinhou, em declarações que se seguiram à sua prestação, que “ganha-se dinheiro com o Festival da Canção. É bem pago e ainda bem”, louvando a organização do certame canoro português.

A BLITZ repudia de forma categórica qualquer forma de pressão sobre a sua linha editorial ou o trabalho dos seus jornalistas e colaboradores.

Boa sorte para Carolina Deslandes e todos os outros nove concorrentes que vão participar na final do Festival da Canção de 2021. Que vença o melhor!