Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Queen e George Michael

Mirrorpix/Getty Images

George Michael vocalista dos Queen? “Não era a escolha certa”, diz Roger Taylor

Roger Taylor, baterista dos Queen, fala sobre os rumores que circulam há anos sobre a hipotética contratação de George Michael como substituto de Freddie Mercury

Roger Taylor negou que George Michael tenha sido considerado como substituto de Freddie Mercury nos Queen, nos anos 90. O baterista da banda britânica diz, em entrevista à revista Classic Rock, que se lembra dos rumores mas que Michael "não era a escolha certa".

A hipótese começou a ser falada depois de George Michael ter atuado com os Queen no concerto de homenagem a Mercury no Estádio de Wembley, em 1992, um ano depois da morte do mítico cantor da banda. Correram os rumores de que Michael recusara o convite de se tornar vocalista permanente do grupo.

"O George não estava verdadeiramente habituado a trabalhar com uma banda ao vivo", diz agora Taylor, "quando ouviu o poder que tinha por trás dele nos ensaios não queria acreditar. Achou que estava [num avião] Concorde ou algo do género".

Os Queen só contratariam um novo vocalista em 2004, com Paul Rodgers (dos Free e Bad Company) a preencher o cargo até 2009. Adam Lambert, que iniciou uma carreira musical depois de participar no concurso de talentos "American Idol", juntar-se-ia a Brian May e Roger Taylor em 2011, permanecendo na banda até hoje.