Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

A canção que quase levava Jonathan Davis dos Korn à loucura

Aconteceu há 27 anos, nas gravações do álbum de estreia dos Korn. O produtor Ross Robinson não interrompeu a gravação porque queria captar “um momento real”. “Não era fingimento, era algo que se estava a passar na sua alma”, recorda agora o guitarrista Brian “Head” Welch

Brian "Head" Welch, guitarrista dos Korn, deu uma entrevista à "Metal Hammer" na qual abordou as sessões de gravação do álbum de estreia do grupo.

'Daddy', canção que encerra o disco e que aborda os abusos de que o vocalista Jonathan Davis foi alvo quando criança, foi particularmente destacada por "Head". "Compusemos essa canção meses antes [das sessões]", explicou.

"Entramos em estúdio para a gravar e o Jonathan tem um colapso nervoso. Não vou abordar o assunto, porque há coisas no seu passado que desconheço. Mas ele enlouqueceu, perdeu o controlo emocional enquanto gravávamos".

"Tudo o que ouvem é o que foi gravado. Ele estava no chão, perdido", acrescentou. "Não sabia se era real, porque ele costumava passar-se em palco. Pensava que estava a fazer o mesmo, mas a dada altura começou a partir coisas".

"Foi aí que percebi que isso não era normal, não era fingimento, era algo que se estava a passar na sua alma", disse.

O produtor Ross Robinson "olhou para nós e disse-nos para continuar a tocar, porque queria que captássemos isto, porque sabia que era um momento especial, real".

"O Jonathan teve este momento em que tudo lhe saiu. Nunca esquecerei esse dia. Foi o momento mais intenso de toda a minha carreira", rematou.