Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Henrique Amaro

Rita Carmo

Henrique Amaro: “O pop-rock português dos anos 90 não dizia que país era este. O hip-hop é que trouxe o discurso da realidade”

Recordando a década de 90 do século XX, o comunicador e divulgador Henrique Amaro identifica a “ascensão pública do rock cantado em português”, o caráter visionário de Pedro Ayres Magalhães e o papel do hip-hop, então “muito imberbe”, na exposição de uma realidade “que poucos conheciam”. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Em entrevista no Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Henrique Amaro recordou as últimas quatro décadas de música feita em Portugal.

Convidado a escolher uma tendência por década, o radialista e divulgador musical elegeu, para os anos 90, a "ascenção pública do rock cantado em português, por causa dos Resistência, dos Delfins ou do Rui Veloso", mas também o aparecimento do hip-hop.

"Não pelo que nos deixaram do ponto de vista musical, porque era tudo muito imberbe, mas pelo discurso. O pop-rock português dos anos 90 raramente falava do país. O hip-hop é que trouxe esse discurso da realidade que poucos conheciam."

Ouça a resposta de Henrique Amaro pelos 41m 50s.