Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Ouve-se mais ou menos Marilyn Manson depois das denúncias?

Acusado de abuso sexual e abandonado pela editora discográfica, agência e outros colaboradores, como se porta Marilyn Manson nas tabelas de vendas desde o início do escândalo?

Depois de uma semana em que o nome de Marilyn Manson esteve na berlinda, acusado de abusos sexuais e manipulação, a Billboard foi analisar o efeito que as acusações de abuso sexual e outros maus tratos tiveram na performance comercial da sua música.

Os números indicam tendências antagónicas. Se por um lado o single mais recente de Marilyn Manson, 'Don't Chase The Dead', saiu do top 40 de airplay de rock mainstream dos Estados Unidos, onde estava há 12 semanas, a procura da sua música nos serviços de streaming subiu 7% na última semana, registando-se 6 milhões de escutas. Também as vendas digitais cresceram 40%, cifrando-se nas duas mil cópias vendidas.

Pode ver aqui uma cronologia das denúncias contra Marilyn Manson, desde a acusação inicial de Evan Rachel Wood, a 1 de fevereiro.