Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Manel Cruz

Rita Carmo

Manel Cruz: “Já achei que havia profissões mais importantes do que a de músico, como piloto de avião ou cirurgião. Mas agora acho que não”

A voz dos Ornatos Violeta, Foge Foge Bandido e, nos últimos anos, artista em nome próprio considera que os músicos em Portugal se sentem esquecidos e pouco respeitados. Afirma que a música é “um bem essencial” e defende que fazer música é tão relevante como praticar medicina. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Em entrevista ao Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Manel Cruz fala sobre a atuação do Ministério da Cultura durante a pandemia.

Considerando que o meio da cultura "está dizimado", o músico do Porto acredita que, em Portugal, "o pessoal [da música]" se sente "muito esquecido. Não somos uma classe respeitada como as outras."

"Não vês [reconhecida] a ideia de que temos em mãos um bem essencial. Mas é essencial, como um médico. Eu já achei que havia profissões [mais importantes], como piloto de avião ou cirurgião. Mas agora acho mesmo que não."

Pode ouvir a longa resposta sobre a atuação do Ministério da Cultura a partir dos 33 minutos 15 segundos.