Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Bruce Springsteen em 2020

Danny Clinch

Bruce Springsteen foi detido por conduzir sob o efeito de álcool. Vai a tribunal nas próximas semanas

Mandado parar por condução imprudente sob o efeito de álcool, Bruce Springsteen vai ter de se apresentar em tribunal. O incidente, que esta quarta-feira foi divulgado, aconteceu no final do ano passado

Bruce Springsteen vai ter de se apresentar em tribunal depois de ter sido apanhado a conduzir alcoolizado no passado dia 14 de novembro.

A notícia foi avançada esta quarta-feira pelo site TMZ, que diz que o músico foi mandado parar e detido quando circulava no seu automóvel numa zona recreativa em Sandy Hook, no estado da Nova Jérsia.

Segundo o site norte-americano, o cantor de 'Born in the U.S.A.' foi acusado de conduzir sob a influência de álcool, de condução imprudente e de consumir álcool numa zona proibida, estando marcada a sua presença em a tribunal nas próximas semanas.

Springsteen não terá resistido à detenção e esta deverá ser a sua primeira detenção por condução alcoolizada.