Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Ator Corey Feldman acusa Marilyn Manson de “décadas de abuso mental e emocional”

Mais uma voz que se ergue contra Marilyn Manson. O antigo ator infantil, uma das estrelas de “Goonies”, considera-se um “sobrevivente do abuso demente” de Manson e revela episódios em que diz ter sido manipulado pelo músico

O ator Corey Feldman acusou Marilyn Manson de "décadas de abuso mental e emocional", colocando-se entre as vítimas do músico.

Feldman, que se tornou numa estrela infantil em filmes como "Goonies" ou "Conta Comigo", partilhou a sua história no Instagram, juntamente com uma fotografia de ambos.

De acordo com o ator, Manson terá tentado manipulá-lo de forma a acabar com o seu período de sobriedade, em 1998, e tê-lo-á ainda beijado em público na antestreia do filme "Private Parts".

Mostrando o seu apoio a Evan Rachel Wood, que na semana passada identificou Marilyn Manson como o seu abusador, Feldman explicou que o músico "tem andado obcecado por [si] há décadas" e descreveu-se como um "sobrevivente do abuso demente" de Manson.

Leia a publicação de Corey Feldman, na íntegra: