Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Wes Borland e Marilyn Manson

Getty Images

Wes Borland (Limp Bizkit): “Marilyn Manson é mesmo mau e tudo o que disseram é verdade”

O guitarrista, que fez parte da banda de Marilyn Manson entre 2008 e 2009, garante que todas as acusações contra Manson são verdadeiras e conta o que testemunhou nos 9 meses em que conviveu de perto com o artista. “Peço desculpa, mas esse tipo está cancelado. Adeus. Cuidado com a porta”

Wes Borland deu uma entrevista ao podcast "Space Zebra", na qual afirmou que todas as acusações de abusos sexuais feitas contra Marilyn Manson são verdade.

O guitarrista dos Limp Bizkit, que fez parte da banda de Manson, não poupou nas palavras. "Estive na banda durante nove meses. Ele é mesmo mau, e tudo o que disseram é verdade", disse.

"Às pessoas que estão a criticar estas mulheres por o atacarem... Vão-se lixar. Elas estão a dizer a verdade". "Peço desculpa a todos os que estiverem a ouvir este podcast, e que não gostem do que estou a dizer", continuou, "mas [Manson], ainda que incrivelmente talentoso, é doente".

"Ele precisa de ser tratado, de ficar sóbrio, de exorcizar os seus demónios. Eu fui a casa dele quando ele estava com a Evan Rachel Wood. Não foi fixe. Peço desculpa, mas esse tipo está cancelado. Adeus. Cuidado com a porta", rematou.