Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Dita Von Teese e Marilyn Manson

Sylvain Gaboury/Getty Images

Dita Von Teese, ex-mulher de Marilyn Manson, recorda 7 anos de vida em comum e explica por que razão o casamento acabou

A ex-mulher de Marilyn Manson, Dita Von Teese, diz que o seu relacionamento com o músico diverge das denúncias que têm sido feitas. “Se tivesse sido assim, não me tinha casado com ele”

Na sequência das acusações de abusos que a atriz Evan Rachel Wood endereçou recentemente ao ex-namorado Marilyn Manson, a ex-mulher do músico, Dita Von Teese, veio agora a público falar sobre os 7 anos de relacionamento.

"Tenho estado a processar as notícias relacionadas com o Marilyn Manson que foram divulgadas na segunda-feira", começa por dizer a modelo e dançarina de burlesco numa mensagem partilhada nas redes sociais, "aprecio a amabilidade de todos aqueles que expressaram preocupação com o meu bem-estar".

De seguida, Teese explica que a sua experiência com o músico não é comparável com a de Rachel Wood: "saibam que os detalhes que vieram a público não coincidem com a minha experiência pessoal durante os nossos 7 anos enquanto casal".

"Se tivesse sido assim não me tinha casado com ele em dezembro de 2005", continua, "fui-me embora 12 meses depois devido a infidelidade e abuso de drogas". A ligação entre Teese e Manson começou em 2001 e terminou no final de 2007.

Terminando a dizer que é a única coisa que tem a dizer sobre o assunto, Teese diz que "os abusos, sejam de que tipo forem, não devem ter lugar numa relação" e deixa uma mensagem: "peço a todos os que sofreram de abusos que dêem passos no sentido da cura e da fortificação para que se sintam em paz consigo próprios".

Recorde-se que também Rose McGowan, que namorou com Manson entre 1999 e 2001, já veio a público comentar as acusações de Evan Rachel Wood e de várias outras mulheres, dizendo que enquanto namorou com o músico "ele não era assim. Mas isso não quer dizer que não tenha sido assim com outras, antes ou depois disso".