Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Atriz Olivia Newton-John declara que não tomará a vacina da covid-19

A decisão é justificada pelas posições assumidas pela filha da atriz, Chloe Lattanzi, que acredita que a vacina irá colocar pesticidas nos corpos de quem a tomar. Lattanzi não tem qualquer formação médica e reclama ter feito a sua própria investigação

Olivia Newton-John afirmou, em entrevista ao jornal australiano Herald Sun, que não irá tomar a vacina contra a covid-19.

A atriz e cantora, de 72 anos, tem prioridade no que à toma da vacina diz respeito, mas afirmou que não o irá fazer.

A posição de Olivia Newton-John terá como base as crenças da sua filha, Chloe Lattanzi, que disse ao mesmo jornal ter feito a sua própria pesquisa em relação às vacinas.

"Não sou anti-vacinas, sou contra injetarem mercúrio e pesticidas no meu corpo - e isso é parte de muitas vacinas", disse, sem argumentos válidos que o sustentem.

Chloe afirmou ainda já não ter confiança em médicos, acrescentando que "a verdadeira medicina é a que vem da terra".

"Julgo que as pessoas confiam nas vacinas porque os médicos dizem que é seguro", continuou, ignorando o consenso científico em torno das vacinas.