Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Nuno Gonçalves

Rita Carmo

Nuno Gonçalves: “Raramente me interpelam pelo futebol. Sinto mais desdém nos Gift, mais ódio latente”

“Mal de nós que os Gift ficassem associados [ao Sporting] depois de 23 anos de carreira, que era o que tínhamos quando entrei no programa [“Trio d'Ataque”]. Música e futebol debatidos pelo músico dos Gift. Para ouvir no Posto Emissor

Nuno Gonçalves, dos alcobacenses The Gift, que acabaram de lançar a aplicação REV, falou em entrevista ao Posto Emissor, o podcast semanal da BLITZ, sobre a atividade de comentador de futebol, pelo Sporting, que mantém, paralelamente à banda, no programa "Trio D'Ataque", da RTP3.

"Nas redes sociais, confesso que raramente me interpelam pelo futebol", garante o músico, "e acho que há mais ódio em relação à música do que propriamente em relação ao futebol. Sinto mais desdém nos Gift do que propriamente no Sporting, ou no Benfica ou no Porto. Pessoalmente, sinto isso, que há mais pontas soltas, mais ódio latente".

Gonçalves diz ainda que nunca teve medo de a sua banda ser associada ao seu clube: “mal de nós que os Gift ficassem associados a um clube depois de 23 anos de carreira, que era o que nós tínhamos quando eu entrei no programa”.

Ouça a partir dos 19m 42s.

Assinar o Posto Emissor no iTunes.

  • Posto Emissor #45: BLITZ convida Nuno Gonçalves (The Gift). Da app inovadora às eleições e ao futebol

    Notícias

    Nuno Gonçalves, dos Gift, é o convidado desta semana do Posto Emissor, o podcast semanal da BLITZ. Com a nova aplicação da banda, REV, bem fresca, o músico de Alcobaça explica como a pandemia acelerou a nova iniciativa, falando também da sua atividade paralela como comentador de futebol, do dinheiro que o Spotify paga aos artistas e comentando os resultados das eleições presidenciais. Em destaque, no programa desta semana, está também o documentário do rapper brasileiro Emicida