Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tim Hills

Pearl Jam ameaçam banda de tributo. “Eles querem que nós mudemos de nome”

Habitualmente benevolentes em relação a fãs e admiradores, os Pearl Jam não acharam piada nenhuma a uma ‘gracinha’ de uma banda de tributo inglesa

Os Pearl Jam ameaçaram uma banda de tributo londrina com uma ação judicial.

Em causa está o facto de a banda em questão utilizar um nome bastante semelhante ao dos originais: "Pearl Jamm".

"Eles querem que nós mudemos de nome", afirmou o guitarrista do grupo, Tim Love, à BBC. "Disseram-nos para lhes entregarmos quaisquer endereços de e-mail e domínios web, e para destruirmos todo o nosso merchandise".

Os Pearl Jamm existem desde 2016, e contam com quase 10 mil seguidores no Facebook. Para os originais, a sua existência prejudica a marca Pearl Jam - algo que os britânicos refutam.

"Nunca ninguém veio a um concerto nosso e pediu o seu dinheiro de volta porque esperava ver os Pearl Jam verdadeiros", afirmou Tim Love.

Os Pearl Jamm publicaram, entretanto, uma carta aberta ao grupo de Eddie Vedder, na qual afirmam que as ações dos seus advogados não se coadunam com a imagem pública dos Pearl Jam.

"Estes não são os Pearl Jam que conhecemos, que apoiam causas sociais e enfrentam gigantes empresariais. Mas os vossos advogados dizem-nos que são vocês que estão por detrás disto", pode ler-se.

"Teria sido mais fácil, mais barato e mais eficaz pedirem-nos pessoalmente. Nós tê-lo-íamos feito. Mas não assim".