Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Sem máscaras e com lotação esgotada. O polémico concerto de Bow Wow em plena pandemia

Bow Wow atuou este fim de semana num espaço a rebentar pelas costuras, sem qualquer distanciamento social ou uso de máscaras no público. Aconteceu na cidade norte-americana de Houston, que só na sexta-feira registou 24 mil casos de covid-19. Há registo em vídeo

O rapper Bow Wow está a ser alvo de críticas após ter atuado numa discoteca lotadíssima, sem que o público respeitasse o distanciamento social ou o uso de máscara.

O concerto teve lugar em Houston, no estado norte-americano do Texas, que só na sexta-feira registou mais de 24 mil casos de Covid-19.

No evento participaram os também rappers Meek Mill e J. Prince Jr., mas é Bow Wow que está a receber a esmagadora maioria das críticas - uma delas da parte do ator Zach Braff, que publicou um vídeo do concerto nas redes sociais com a mensagem: "Pensei muito nisto e decidi que não estou disposto a morrer pelo Bow Wow".

Veja o vídeo: