Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Lana Del Rey esclarece afirmações ‘simpáticas’ sobre Trump e culpa a imprensa

A opinião de Lana Del Rey sobre as responsabilidades de Trump na invasão do Capitólio é agora esclarecida pela própria. “Tiraram os meus comentários bem intencionados do contexto”

Lana Del Rey viu-se obrigada a esclarecer os seus comentários recentes sobre Donald Trump, acusando a imprensa de ter retirado as suas afirmações do seu contexto.

Em entrevista à BBC Radio 1, Lana Del Rey referiu-se à presidência Trump como "um mal necessário".

"Por pior que tenha sido, precisava mesmo de ter acontecido. Precisávamos de refletir em relação ao maior dos problemas do mundo: a sociopatia e o narcisismo", disse.

Ao mesmo tempo, Lana disse não acreditar que Trump tenha incitado os seus apoiantes a invadir o Capitólio - algo que veio agora esclarecer, nas redes sociais.

"O que eu disse à BBC é que Trump está tão debilitado que pode não saber o que estava a fazer, dada a sua falta de empatia e a questão da sociopatia e narcisismo na América", escreveu.

"Não gosto que as revistas tirem os meus comentários bem-intencionados e, acreditem ou não, liberais do seu contexto. É isso que canto muitas vezes".