Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Bruce Willis

Getty Images

Faz o que eu digo, não faças o que eu faço. Bruce Willis não pede exatamente desculpas por não ter usado máscara na farmácia

O ator norte-americano foi convidado a sair de uma farmácia em Los Angeles, no passado domingo, depois de ter recusado colocar uma máscara. O facto tornou-se público e Willis resolveu colocar água na fervura, mas não muito

No passado domingo, o ator Bruce Willis foi expulso de uma farmácia em Los Angeles, após ter recusado usar máscara. Agora, através da revista "People", vem considerar o sucedido "um erro de avaliação".

Numa altura em que no estado norte-americano da Califórnia a pandemia de covid-19 atinge números preocupantes, tendo sido ordenado aos cidadãos o uso de máscara fora de casa, o ator de "Assalto ao Arranha-Céus", "Pulp Fiction" e "O Sexto Sentido" não se penitenciou pela sua falha. De forma lacónica, apelou a que as pessoas "permaneçam em segurança, continuando a usar máscara". E mais não acrescentou.

Segundo o website "Page Six", Willis encontrava-se no domingo passado a fazer compras quando alguns clientes do mesmo estabelecimento apresentaram queixa junto dos funcionários da loja, uma vez que o ator não estaria a usar máscara. Willis recusou cumprir os pedidos dos funcionários e abandonou a farmácia.