Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Baixista dos Nightwish sai da banda e arrasa mundo da música. “É perigoso se eu continuar. Tive pensamentos muito negros”

O baixista dos Nightwish, Marko Hietala, anunciou que vai sair da banda e da “república das bananas” da indústria musical. Os restantes companheiros foram apanhados de surpresa

O baixista dos Nightwish, Marko Hietala, anunciou que vai abandonar a banda "e a vida pública", despedindo-se com uma longa mensagem onde mostra o seu descontentamento com o funcionamento da indústria musical.

"Já há alguns anos que não me sinto validado por esta vida. Temos os manda-chuvas das grandes empresas de streaming a pedir aos artistas que trabalhem das 9h às 17h, partilhando indevidamente os lucros. Até entre artistas. Somos a república das bananas da indústria musical", escreve o músico (à direita na foto).

"Este último ano obrigou-me a ficar em casa e a pensar. E dei por mim a sentir-me muito desiludido com muitas coisas. Para escrever, cantar e tocar, preciso de encontrar novas razões e inspirações. E sofro de depressão crónica. É perigoso, para mim e para as pessoas à minha volta, se continuar. Tive pensamentos muito negros. Não se preocupem, estou bem. Tenho os meus dois filhos, a minha mulher, o resto da minha família, amigos, um cão e muito amor".

O músico, que esta semana completa 55 anos e fez parte do grupo finlandês desde 2001, diz que deverá voltar a fazer música e pede aos fãs que não culpem Tuomas Holopainen, teclista e principal compositor dos Nightwish, pela sua decisão. "Isso é um insulto para ele e também à minha liberdade de pensamento", diz, acrescentando: "Isto também é muito triste para nós".

A decisão parece ter surpreendido a própria banda, que reagiu informando os fãs que, na sua próxima digressão, contará com um baixista de sessão. "Respeitamos a decisão do Marko e desejamos-lhe o melhor. Não vamos comentar mais".