Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Pedro Abrunhosa

Pedro Abrunhosa: “Se os Estados Unidos precisarem, enviamos bom senso. Portugal é mais maduro, antigo e sábio”

Comentando a invasão do Capitólio, em Washington D. C., por apoiantes de Donald Trump, Pedro Abrunhosa deixa recado sobre as eleições presidenciais portuguesas

Pedro Abrunhosa comentou, nas redes sociais, a invasão do Capitólio, em Washington D. C., por apoiantes do ainda presidente norte-americano Donald Trump, deixando como nota final: "Portugal é bem mais maduro, antigo e sábio. Se os E.U.A. precisarem, enviamos bom-senso. A começar já nas próximas Presidenciais. O povo é sereno".

Declarando que a invasão do centro legislativo do estado norte-americano, a "casa da Democracia Ocidental", foi protagonizada "por um grupo de arruaceiros liderados por um louco", que "quer permanecer no poder à força", o músico compara Trump ao presidente da Rússia Vladimir Putin e ao presidente da Venezuela Nicolás Maduro.

"Está a marimbar-se para os que o apoiam: usa-os para não perder a teta estatal", continua Abrunhosa, "sem esta teta, cai em desgraça porque não vive sem estar pendurado no dinheiro dos contribuintes". "Não irá conseguir tornar os Estados Unidos numa ditadura porque são uma fortíssima e esclarecidíssima Democracia", diz ainda, vaticinando que "é natural que [Trump] vá preso por traição e tentativa de golpe de estado".