Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

David Bowie e Trent Reznor

Kevin.Mazur/INACTIVE/Getty Images

Trent Reznor (Nine Inch Nails) recorda David Bowie. “Ajudou-me muito no meu período negro”

Líder dos Nine Inch Nails recorda o período em que andou em digressão com David Bowie e os momentos em que o músico britânico, falecido há cinco anos, foi um "irmão mais velho" para si

Trent Reznor recordou o amigo David Bowie, que morreu há cinco anos, em entrevista ao site de música Consequence of Sound. Falando sobre o momento em que a sua banda foi convidada para assegurar as primeiras partes de concertos de Bowie, o líder dos Nine Inch Nails diz que o músico o ajudou num período muito negro da sua vida.

Depois de anos enquanto fã, Reznor ficou sem palavras quando recebeu um telefonema de Bowie a convidar a sua banda para seguir consigo na digressão de 1995, "The Outside Tour". "Recebo uma chamada dele em que me diz 'fiz um novo álbum estranho com o [Brian] Eno que é uma reflexão da era de Berlim. Vocês são a única banda que quero que toque connosco. Estariam interessados em abrir para nós?'. Claro que sim!".

"Tínhamos andado em digressão durante dois anos e meio e eu estava a implodir", continua Reznor, "precisava de sair da estrada. Mas quando ele pergunta 'gostavas de ir?' eu só disse 'sim, quando partimos?'. 'Pode ser daqui a um mês?', 'OK, lá estarei'".

O músico confessa que foi nessa digressão que "descobriu o ser humano" por trás do ídolo. "Aquilo que mais me impressionou nele foi que eu estava numa fase muito má de dependência de drogas e a deixar-me ir para o fundo do poço. Ele estava do outro lado, já livre dessas coisas. E houve situações em que ele foi como um irmão mais velho e me chamou à parte para dizer 'vê se atinas, não tens de te deixar levar dessa forma'".

"Ainda penso nele a toda a hora e ainda ouço a música dele constantemente", termina Reznor, "estou muito agradecido pelo facto de as nossas vidas se terem cruzado e por ele, quer soubesse disso ou não, me ter ajudado nesses tempos negros, antes de eu ter escolhido atinar. Ainda consigo ouvir a voz dele. Atravessou as camadas de tretas que eu tinha construído em meu redor".