Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Herman José: “Recuso-me a evocar o Carlos [do Carmo] com tristeza. O Rei morreu, viva o Rei”

“Grato, culto, lutador, inquieto, encantador e sobretudo maior do que a própria vida”. As palavras de Herman José sobre Carlos do Carmo, que morreu a 1 de janeiro aos 81 anos

Herman José dedicou uma mensagem a Carlos do Carmo, que morreu a 1 de janeiro aos 81 anos.

Partilhando um vídeo no qual entrevistava o fadista e lhe explicava que o tratava por você por considerá-lo imortal, escreve o humorista:

"Recuso-me a evocar o Carlos com tristeza. O meu desgosto é largamente mitigado pela memória de um amigo luminoso, presente, o mesmo que sempre me abraçou, apoiou e defendeu. Grato, culto, lutador, inquieto, encantador e sobretudo maior do que a própria vida. O Rei morreu, viva o Rei".

O funeral de Carlos do Carmo realiza-se na próxima segunda-feira, 4 de janeiro, em Lisboa.