Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ana Moura. O sucessor de “Moura”, de 2015, está a ser construído desde 2019, ano em que a artista esteve em estúdio com o produtor Emile Haynie, que já colaborou com Lana Del Rey ou Eminem. A edição está agendada para o quarto trimestre.

Carminho, Ana Moura e Camané atuam no concerto inaugural da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia

Também Sara Correia e a guitarrista Marta Pereira da Costa atuarão com a Orquestra Sinfónica Portuguesa na ocasião especial

Os fadistas Carminho, Ana Moura, Sara Correia e Camané vão subir ao palco com a Orquestra Sinfónica Portuguesa no concerto inaugural da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, marcado para 5 de janeiro em Lisboa

O concerto, que se realiza às 18h30 no grande auditório do Centro de Cultural de Belém (CCB) e é transmitido pela RTP, marca o arranque oficial da presidência portuguesa, que decorre entre 1 de janeiro e 30 de junho.

Apesar de já anunciado quando da apresentação do programa cultural da presidência, a 15 de dezembro, só hoje o programa definitivo ficou fechado, segundo nota do Ministério da Cultura enviada à Lusa.

Organizado em homenagem a Amália Rodrigues, cujo centenário do nascimento se assinala, o concerto junta orquestra e fado e conta com a atuação da Orquestra Sinfónica Portuguesa, dirigida pela maestrina Joana Carneiro, dos fadistas Carminho, Ana Moura, Sara Correia e Camané, e da guitarrista Marta Pereira da Costa.

A direção artística é de Elisabete Matos, segundo a nota.

A programação cultural da presidência, tal como foi apresentada a 15 de dezembro, inicia-se em Lisboa, mas irá decorrer sobretudo em Bruxelas.

A programação cultural inclui também, entre outros, concertos do maestro Rui Massena, em Roma, em janeiro, e da dupla Lina e Raül Refree, em Barcelona, em maio, e a exposição “Mundos da Lusofonia — Duo Borderlovers”, que será inaugurada no Luxemburgo, em maio.