Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Best Youth partilham versão de 'Bittersweet Symphony' e um desabafo sobre algoritmos e manipulação. "Vale a pena continuar assim?"

Os Best Youth despedem-se de 2020 com uma versão de 'Bittersweet Symphony', o êxito dos ingleses The Verve, de 1997. E deixam uma reflexão sobre a vida artística hoje em dia. "De repente encontramos-nos numa situação em que o alcance do nosso trabalho está limitado aos cálculos de algoritmos"

Os portugueses Best Youth acabam de partilhar uma versão de 'Bittersweet Symphony', o êxito dos ingleses The Verve, originalmente editado em 1997.

Na mensagem que acompanha o vídeo, a banda de Catarina Salinas e Ed Rocha Gonçalves aproveita também para fazer uma reflexão sobre a partilha de música hoje em dia e o seu alcance nas redes sociais.

Apesar de se considerarem "sortudos e privilegiados", os Best Youth abordam um assunto que lhes tem "pesado. Vai para além das questões mais imediatas como as limitações de trabalho, o aperto financeiro, o convívio e as limitações à circulação: o propósito. Qual é o propósito daquilo que fazemos hoje em dia?"

"Olhamos para nós como exemplo mas podemos estar a falar de qualquer criador ou artista que esteja há 10 ou mais anos a criar (como nós) ou que tenha começado ontem. Fazemos música para nós próprios em primeira instância, mas sempre com o intuito de a fazer chegar às pessoas e que ela possa criar uma ligação emocional com quem a ouve. Foi sempre esse o propósito. De repente encontramos-nos numa situação em que tocar para pessoas só pode ser feito em condições muito particulares e onde a possibilidade de partilha e o alcance do nosso trabalho está limitada aos cálculos e ajustes de múltiplos algoritmos que, para cair nas suas graças, nos obrigariam a manipular tudo aquilo que fazemos de modo a ter a 'mais interacção e engagement'", explica a banda do Porto.

"Então prende-se a questão: vale a pena continuar assim? Temos todos que nos adaptar ao novo panorama? Será melhor parar um bocado e esperar por tempos melhores? Infelizmente não trazemos respostas, mas às vezes só partilhar o que sentimos chega para quem também se sente assim não se sentir tão sozinho", concluem, partilhando a versão de 'Bittersweet Symphony', que traduz o seu estado de espírito neste final de ano.

"A ideia foi pegar nos piores sentimentos de 2020, vivê-los à flor da pele durante cerca de quatro minutos, e depois despi-los para ficarem aqui em 2020 enquanto passamos todos para 2021. Esperamos que ajude".

Em 2020, os Best Youth lançaram 'Never Belong', primeiro single de um álbum que deve chegar em 2021.