Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Músico jazz publica vídeo em que mulher acusa o seu filho de roubar telemóvel. "Pergunto-me como seria se ele fosse branco"

Keyon Harrold foi assediado, em hotel de Nova Iorque, por mulher que insistia que o seu filho lhe roubara telemóvel

O músico de jazz Keyon Harrold publicou um vídeo, no Instagram, que mostra uma mulher não identificada a acusar o seu filho de 14 anos de lhe ter roubado o telemóvel, durante uma estada num hotel de Nova Iorque.

"Odeio ter que publicar isto", escreveu, na legenda do vídeo. "Esta senhora assediou o meu filho quando saímos do quarto para tomar o pequeno-almoço. Dizia ter 'perdido' o iPhone, e aparentemente foi o meu filho que, magicamente, ficou com ele - o que é ridículo".

A dada altura, o gerente do hotel pede ao jovem para que este mostre o ecrã do telemóvel à mulher - algo rejeitado por Harrold. A mulher acabou a agredir pai e filho, antes de lhe ser devolvido o telemóvel por um motorista da Uber.

"Ela não se desculpou após esta situação traumática", continuou o músico, que mais tarde afirmou ao jornal "The New York Times": "Isto acontece demasiadas vezes, e tem que parar. Pergunto-me como seria se ele fosse branco, e ela uma mulher negra. Simplesmente assumiram que o meu filho era culpado".

O caso foi entretanto entregue às autoridades nova-iorquinas, e o hotel já pediu desculpas a Keyon Harrold e ao filho. Veja o vídeo: