Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Kirk Hammett (Metallica): “O James e o Lars nem se lembram de como me conheceram”

Memórias e histórias do guitarrista dos Metallica, membro da banda há 37 anos. Inclui a perda de um Porsche numa aposta

Kirk Hammett concedeu uma longa entrevista à série "Icons", criada pela marca de guitarras Gibson, onde falou dos seus primeiros tempos nos Metallica.

Segundo o guitarrista, numa conversa citada pelo website Consequence of Sound, nem James Hetfield nem Lars Ulrich se recordam do dia em que conheceram Hammett, quando este ainda fazia parte dos Exodus.

"Lembro-me de o vocalista dos Exodus, o Paul Baloff, ter dito num ensaio que os Metallica eram muito pesados", recordou. "E eu só pensava que Metallica era o melhor nome para uma banda".

"Fomos ver um concerto deles e estavam lá umas 15 pessoas. E eu, à frente do palco, a pensar que eles eram muito bons".

"Uns meses mais tarde fomos convidados a tocar num evento só de metal, porque éramos amigos dos cabeças de cartaz, os Laaz Rockit. E os Metalica tocavam antes deles. Quando entraram em palco, a sala estava cheia", continuou.

"Conheci-os num outro evento, organizado pela revista 'Metal Mania'. Foi o início da minha relação com os Metallica. E tem piada, porque as pessoas perguntam-me sobre a primeira vez que falei com eles. E nem o Lars nem o James se lembram".

Hammett acabaria por entrar para os Metallica em abril de 1983, substituindo Dave Mustaine, e a tempo de gravar o primeiro álbum de estúdio do grupo, "Kill 'Em All". Veja aqui a conversa completa: