Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Sia respondeu indelicadamente a ator autista e afirma agora: “devia ter ficado calada”

Sia continua dabaixo de fogo por ter chamado para o seu primeiro filme Maddie Ziegler, a estrela dos seus videoclips, para desempenhar o papel de uma jovem autista. Numa discussão na internet, a australiana terá ido longe demais

Sia deu uma entrevista ao jornal "Sunday Morning Herald", na qual lamentou a reação que teve às críticas ao seu novo filme, "Music".

Recorde-se que a cantora foi bastante criticada, nas redes sociais, por ter elencado Maddie Ziegler, a estrela dos seus videoclips, para o papel de uma jovem autista.

Os críticos de Sia pretendiam que esse papel fosse entregue a uma atriz dentro do espectro do autismo - e chegaram mesmo a criar uma petição para que a estreia do filme fosse cancelada, que recolheu mais de 7 mil assinaturas.

"Em retrospetiva, devia ter ficado calada", afirmou agora a autora de 'Chandelier'. "Eram três da manhã e eu tenho uma regra: não fazer nada de muito emotivo após a meia-noite. Lixei-me".

Sia disse-se ainda "muito afetada" pelas críticas, por ser tão protetora de Maddie Ziegler: "Ela fez pesquisa durante dois anos, vimos filmes juntas, ensinei-lhe as nuances e os tiques que conhecia de um amigo autista. Fizemo-lo de forma sensível e respeitosa", explicou.