Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Sam Jayne

Anthony Pidgeon/Getty Images

Desapareceu durante uma semana e foi encontrado morto. Sam Jayne, líder dos Love as Laughter, tinha 46 anos

O músico Sam Jayne, que chegou a integrar os Modest Mouse nos anos 90, foi encontrado morto depois de ter estado desaparecido durante uma semana

Sam Jayne, líder dos Love as Laughter, foi encontrado morto no seu carro depois de ter estado desaparecido durante uma semana. Jayne tinha 46 anos e a polícia de Nova Iorque diz não ter encontrado "sinais de crime" no local.

A morte do músico, que antes dos Love as Laughter foi cofundador dos Lync, banda pós-hardcore dos anos 90, e chegou a integrar brevemente os Modest Mouse, foi confirmada pelo colega Zeke Howard.

"O nosso querido Sam já não está connosco, mas a sua memória e influência vai perdurar", escreveu numa mensagem partilhada no Instagram, "por favor respeitem a privacidade da família neste momento".

Jayne tinha sido visto pela última vez a 6 de dezembro e não dava notícias desde o dia seguinte, tendo corrido nas redes sociais pedidos de informação de quem o pudesse ter visto.

Robin Pecknold, dos Fleet Foxes, reagiu à morte do músico, escrevendo no Instagram: "descansa em paz, Sam. Não sabias, mas eras uma inspiração para mim e tocaste muitas das vidas das pessoas que amamos. Eras o Sam fucking Jayne".

O mais recente álbum dos Love as Laughter, "Holy", saiu em 2008, tendo a banda editado o EP "Greks II: Slight Return" em 2013. Recorde abaixo o vídeo de 'Coconut Flakes'.