Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Bonhams

Esta bateria vendeu-se por meio milhão de dólares. Mas não era de um baterista qualquer

Uma das baterias mais emblemáticas dos anos 70 valeu uma soma exorbitante num leilão. Esperava-se que fosse vendida por um preço cinco vezes mais baixo

Uma bateria que pertenceu a Neil Peart (Rush), nos anos 70, foi vendida em leilão por pouco mais de meio milhão de dólares (411 mil euros).

Esta bateria foi usada por Peart em discos como "Fly By Night", "Caress of Steel" e o clássico "2112", bem como em diversos concertos - um deles, em Toronto, resultou no álbum "All the World's a Stage".

Pouco após o lançamento deste último, a bateria foi oferecida como prémio a um leitor da revista "Modern Drummer", tendo mudado de mãos ao longo dos anos.

Esperava-se que o instrumento fosse vendido por um valor a rondar os 100 mil a 150 mil dólares, mas acabou por ser comprado por cinco vezes mais. A identidade do comprador não é para já conhecida.