Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tom Meighan

Getty Images

Tom Meighan dos Kasabian quebra o silêncio. "Tínhamos bebido demais naquela noite. Arrependo-me de tudo"

Condenado e expulso da banda devido a um episódio de violência doméstica, Tom Meighan, vocalista dos Kasabian, fala pela primeira vez do sucedido. A namorada defende-o, referindo que tratou de uma “discussão embriagada”

Tom Meighan, antigo vocalista dos Kasabian, falou pela primeira vez da acusação de violência doméstica pela qual foi condenado, no passado verão, a 200 horas de trabalho não remunerado.

Na sequência desse veredicto, o inglês foi também despedido da banda.

Em entrevista ao site CornwallLive, Tom Meighan afirmou: "Tínhamos bebido demais, nessa noite. Arrependo-me de tudo o que aconteceu então - do que me consigo lembrar. Não defendo nada disso - é horrível. Adoro a minha parceira de paixão".

Tom Meighan explica que, à data da agressão, em abril, estava num ponto complicado da sua vida. "Andava a afogar-me em álcool por causa dos problemas à minha volta. Eu sou o único responsável pelo que aconteceu, mas amamo-nos e estamos a ultrapassar esta situação".

Também presente na entrevista esteve Vikki Ager, a namorada de Tom Meighan, que garante que o sucedido foi apenas uma discussão "embriagada" e não um caso de violência doméstica.

"Ele pede-me desculpa todos os dias. Muitas pessoas têm discussões, a nossa foi mais extrema. Eu apanhei mas também lhe bati. Estávamos ambos muito bêbedos e eu não costumo beber. Foi mais uma discussão do que violência doméstica", diz Vikki Ager, apresentando duas atenuantes para o comportamento do companheiro: o alcoolismo, de que se estaria a tentar curar, e problemas de saúde mental.

A namorada de Tom Meighan diz ainda que foi a sua filha que, na noite da agressão, chamou a polícia, e que nunca quis apresentar queixa contra o companheiro. "Ele não é uma pessoa violenta, eu não estaria com ele agora se fosse".

Afastado dos Kasabian, Tom Meighan promete agora lançar um disco a solo em 2022.