Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Guitarrista dos Korn abre o jogo sobre problemas de vício e depressão

Bullying, ódio por si mesmo, drogas e religião: não tem sido simples o trajeto de Brian "Head" Welch, guitarrista dos Korn

Brian "Head" Welch, guitarrista dos Korn, falou abertamente sobre os seus problemas de vício e saúde mental.

Em entrevista ao podcast Going There with Dr. Mike, no qual os músicos falam com um psicólogo sobre questões de saúde mental, o norte-americano revela que o facto de ter sido vítima de bullying em criança o levou a desenvolver sentimentos de ódio por si mesmo e a isolar-se, ainda em jovem. Com o passar do tempo, esse ódio conduziu à depressão, um estado mental a que se refere como "uma escuridão" na sua vida.

Uma das poucas coisas que, em criança, deixavam Brian "Head" Welch feliz era a música, e foi seguindo esse caminho que o jovem acabou por entrar nos Korn e conhecer o sucesso enquanto músico, mas também por viciar-se em metanfetaminas. Ao tentar deixar esta droga, voltou a cair numa depressão profunda, que a espiritualidade ajudou a curar, explica o fundador dos The Love and Death, uma banda de metal cristão, no podcast da Consequence of Sound.