Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Justin Townes Earle

Joshua Black

Revelada a causa de morte de Justin Townes Earle, aos 38 anos

3 meses após a inesperada morte do cantor e compositor norte-americano, as causas da mesma foram agora divulgadas

Foram reveladas as causas da morte do cantautor Justin Townes Earle, falecido em agosto aos 38 anos.

De acordo com um relatório do Departamento de Saúde do Tennessee, publicado pela revista Rolling Stone, o músico sucumbiu devido a uma sobredose de drogas

Nas redes sociais, a sua equipa acrescentou que a autópsia detetou "álcool, cocaína e fentanil" no corpo de Earle. O relatório acrescenta que "o uso de cocaína com fentanil resultou numa sobredosagem".

Filho do também músico Steve Earle, Justin não começou por ter uma relação fácil com o pai, que o deixou e à sua mãe quando tinha apenas dois anos. Na adolescência, tocou em bandas como os Distributors e os Swindlers, e fez parte da banda de Steve Earle, os Dukes.

Começou a consumir drogas aos 12 anos, e a luta contra o vício definiria boa parte da sua vida: deu entrada em clínicas de desintoxicação por nove vezes, sempre sem se conseguir curar.

Em 2007, deu início à sua carreira solo, lançando o EP "Yuma". Ao todo, editou oito álbuns de estúdio, com o último, "The Saint of Lost Causes", a ter saído em 2019.

Em 2009, foi elento Talento Emergente do Ano pela Americana Music Association, e dois anos mais tarde a mesma organização brindou-o com um prémio para Canção do Ano por 'Harlem River Blues'.