Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Nick Cave e Shane MacGowan ao vivo em 1992

Getty Images

Nick Cave arrasa a BBC pela censura de ‘Fairytale of New York’ dos Pogues

A BBC trocou uma palavra problemática na letra original do clássico de Natal dos Pogues e Kirsty MacColl, e Nick Cave não suporta a decisão. “A canção perdeu a sua verdade, a sua honra e a sua integridade”

Nick Cave insurgiu-se contra a decisão da BBC, de substituir uma palavra considerada problemática no clássico 'Fairytale of New York', dos Pogues, por outra mais inconsequente.

A BBC recorreu a uma versão alternativa, também interpretada por Kirsty MacColl, e na qual esta canta "haggard" (uma palavra de significado amplo, que pode querer dizer “abatido”, “fatigado” ou até “alterado”) e não "faggot" (calão depreciativo para “homossexual masculino”).

No seu website, Cave alega que esta troca "destruiu a canção". "A ideia de que uma palavra, um verso, numa canção podem simplesmente ser substituídos por outros, sem a danificar, é algo apenas apoiado por quem nada conhece da natureza frágil da composição", escreve.

"A canção perdeu a sua verdade, a sua honra e a sua integridade. É uma canção que se ajoelhou e permitiu à BBC fazer o seu negócio sujo e obscuro. Não vou comentar sobre o quão ofensiva é a palavra 'faggot' para um jovem - nesse sentido, a Radio 1 deveria ter proibido a canção, permitindo-lhe manter o seu espírito selvagem e a sua dignidade", acrescenta.