Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Porque é que os fãs de música trocaram o rock pelo hip-hop? Corey Taylor dos Slipknot responde

“Eu também sou culpado disso”, reconhece o líder dos Slipknot, procurando razões para que os fãs de música tenham ‘migrado’ para territórios mais longe do rock e do metal

Corey Taylor deu uma entrevista ao podcast "Talk Is Jericho", onde procurou explicar os motivos que levaram os fãs de música a trocar o rock e o metal pelo hip-hop.

Para o vocalista dos Slipknot, a "culpa" está nos temas geralmente abordados pelo rock - e para os quais o próprio contribuiu. "As pessoas estão cansadas de se sentirem sempre chateadas", disse.

"Durante os primeiros 10-15 anos da minha carreira, limitei-me a falar dos meus problemas, a deitar cá para fora todas as tretas com que tinha que lidar. E as pessoas querem divertir-se, querem algo positivo, e não o encontram no rock alternativo atual. É tudo reverb e três acordeões".

"É por isso que quero trazer esse estilo de volta - canções que não se consigam tocar sem se sorrir, que não se consigam cantar sem se sorrir. Põe-lhes um sorriso no rosto e eles voltam", continuou. "Se conseguires fazer com que as pessoas voltem ao rock pondo-as a sorrir, todos ganham".

Corey Taylor foi buscar um exemplo ao seu próprio passado, enquanto fã de rock e de metal: "Lembro-me de ver os Pantera e o Ozzy no mesmo mês, nos anos 90. Vi os Pantera, e foi incrível, um concerto de loucos. E depois fui ver o Ozzy e a sala estava cheia de miúdas. E eu pensei: 'é isto que é suposto acontecer'", contou.

"Foi fantástico, e lembrou-te do quão fixe é ser puto, especialmente quando estás só a tentar safares-te. É disso que me lembro com nostalgia, uma das razões pelas quais adoro este estilo de música".