Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Faith No More no festival Optimus Alive, em 2010

Rita Carmo

Grandes concertos para ver em casa. Faith No More inspirados e explosivos no Optimus Alive 2010

Foi há dez anos, um ano depois de voltarem a reunir-se, que os Faith No More deixaram o público do festival de Algés sem fôlego. Para recordar aqui, na íntegra, o concerto em que Mike Patton 'provocou' Cristiano Ronaldo, quase engoliu um microfone e arriscou uma versão portuguesa de um dos seus maiores sucessos

Um ano depois de uma muito aguardada reunião, os Faith No More conquistaram o público do dia de arranque da edição de 2010 do festival Optimus Alive (hoje NOS Alive) com um concerto inspirado e explosivo.

Mike Patton e companhia passaram em revista os grandes clássicos - de 'Ashes to Ashes' a 'Midlife Crisis' -, apresentaram versões de 'Midnight Cowboy' (de John Barry), 'Ben' (de Michael Jackson) e, claro, 'Easy' (dos Commodores) e aventuraram-se numa adaptação portuguesa de 'Evidence'.

Entre crowdsurfing, provocações a Cristiano Ronaldo e um quase engolir de microfone, a banda assinou, como escreveu a BLITZ na época, "um concerto que não é só música, antes sátira, encontro amoroso, provocação ríspida e prova de esforço físico".

Alinhamento

Midnight Cowboy (John Barry)
From Out of Nowhere
Be Aggressive
The Real Thing
Evidence
As the Worm Turns
Last Cup of Sorrow
Cuckoo for Caca
Easy (Commodores)
Midlife Crisis
The Gentle Art of Making Enemies
Ashes to Ashes
Ben (Michael Jackson)
King for a Day
Epic
Just a Man
Stripsearch (com Chariots of Fire)
Surprise! You're Dead!
Caralho Voador