Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Nuno Markl

Rita Carmo

Nuno Markl: “Quando estava quase a declarar-me à Ana, havia um impasse: e se ela acha que somos só amigos?”. Mas uma canção mudou tudo

O poder mágico da música na vida do humorista e radialista, sobretudo nas situações mais emotivas. “A seguir à separação, se apanhasse [a canção] ficava de rastos, genuinamente triste”. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Convidado do Posto Emissor desta semana, Nuno Markl falou em pormenor da forma como as canções marcaram - e continuam a marcar - certas fases importantes da sua vida.

“Quando estava prestes a declarar-me a uma senhora que acabou por se tornar a mãe do meu filho, a Ana Galvão, [sentia-me] naquele impasse: 'se calhar ela acha que nós somos só amigos e eu vou estragar tudo se lhe disser aquilo que sinto por ela. O que é que ela vai ver num tipo como eu?'”.

Acabou por ser a letra de uma canção que tocou inesperadamente “algures” a dar coragem a Nuno Markl para abrir o seu coração.

Após o final da relação, porém, sempre que escutava a canção-senha do romance o humorista “ficava de rastos”.

Ouça a resposta completa de Nuno Mark pelos 24m 28.