Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Regressada série “Dexter” vai passar-se 10 anos depois. E há mais novidades

Dez anos depois de simular a sua própria morte, Dexter regressa. E promete redimir o final da popular série, que nem ao protagonista Michael C. Hall agradou

Já são conhecidos mais detalhes acerca do regresso da série "Dexter", dez anos após ter abandonado o pequeno ecrã.

De acordo com o The Hollywood Reporter, este novo "Dexter" será composto por dez episódios, e não irá de todo reescrever o passado.

No último episódio da série, a personagem principal - interpretada por Michael C. Hall - finge a sua própria morte, para poder viver secretamente como lenhador no estado do Oregon, um facto que não se irá alterar com o regresso.

Para o criador da série, Clyde Phillips, este regresso "é uma excelente oportunidade para escrever um segundo final para o nosso programa".

Espera-se que os fãs fiquem agradados com este possível novo final, após as muitas críticas negativas ao último episódio de "Dexter". Entre esses críticos está também Michael C. Hall, que afirmou não estar "completamente satisfeito" com o desfecho da sua personagem.