Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Billie Eilish: “As minhas memórias de 2020? Ganhei 5 Grammys logo no início. Posso sempre agarrar-me a isso como uma coisa boa”

"Mal posso esperar por ver este ano ficar para trás. Quero abraçar as pessoas e dizer 'lembras-te de 2020?'". Billie Eilish fez o seu balanço de um ano marcado pela pandemia de covid-19

Billie Eilish falou sobre as recordações que vai guardar de 2020 numa nova entrevista à BBC. A artista norte-americana falou sobre o facto de a pandemia de covid-19 ter estragado os seus planos de digressão (que teria passado por Portugal, pelo festival NOS Alive) mas garantiu que houve coisas boas

"As minhas memórias de 2020? Ganhei 5 Grammys logo no início. Posso sempre agarrar-me a isso como uma coisa boa", disse Eilish, "tudo está diferente, não há nada igual e isso muda-nos e à nossa forma de pensar. Foi um ano estranho, mas tenho imensas recordações, muitas boas e muitas más e estranhas. Mal posso esperar por ver este ano ficar para trás. Quero abraçar as pessoas e dizer 'lembras-te de 2020?'".

A artista diz também que, neste momento, se sente mais otimista. "Ainda não sabemos o que está para vir ou que raio vai acontecer, mas pelo menos temos algumas coisas a caminho que me dão esperança. A meio da quarentena foi duro e eu nem sabia o que estava a acontecer. Mas é estranho não poder dar um concerto ou ver os fãs. É super estranho".