Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Cantora Dolly Parton financiou em 1 milhão de dólares a vacina da Moderna

Em abril, a lenda da música norte-americana doou uma soma avultada para o desenvolvimento da vacina que, sete meses depois, veio a provar ser uma das mais promissoras no combate à covid-19

A Moderna anunciou, esta semana, ter desenvolvido uma vacina para a Covid-19 que tem 94,5% de eficácia. E, segundo o jornal The Guardian, essa mesma vacina foi financiada em parte pela artista country Dolly Parton.

A autora de 'Jolene' doou 1 milhão de dólares para ajudar à investigação científica em torno de uma vacina, avançando com a doação após entrar em contato com Naji Abumrad, seu amigo e investigador no Instituto Vanderbilt de Infecção, Imunologia e Inflamação, da Universidade de Vanderbilt.

Nas redes sociais, Parton congratulou-se com a descoberta de uma outra vacina. "Quando doei dinheiro ao fundo de investigação da Covid-19, só queria que ela funcionasse. E aparentemente funciona. Esperemos por uma cura", afirmou.