Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Ator Michael J. Fox retira-se da vida artística

Há várias décadas a viver com a doença de Parkinson, Michael J. Fox diz agora o que poderá ser um adeus definitivo à televisão e ao cinema. “Há um tempo para tudo”

Michael J. Fox, conhecido pelos seus papéis em filmes dos anos 80, como "Regresso ao Futuro" e "Lobijovem", ou na série de televisão "Quem Sai aos Seus", vai voltar a retirar-se da vida artística, devido à Doença de Parkinson.

O anúncio foi dado no seu novo livro de memórias, "No Time Like the Future: An Optimist Considers Mortality".

"Há um tempo para tudo, e o meu tempo de ter uma jornada de trabalho de 12 horas, a decorar sete páginas de diálogo, já lá vai", escreve.

"Pelo menos por agora entro numa segunda reforma. Isso pode mudar, porque tudo muda. Mas se este for o fim da minha carreira como ator, que seja".

No livro, Michael J. Fox fala abertamente da sua luta contra a doença, e dos problemas de saúde mental dela derivados, como a perda de memória, confusão ou sintomas de demência.

O ator já havia anunciado a sua reforma no ano 2000, dois anos após revelar sofrer da Doença de Parkinson. No entanto, acabaria por voltar aos ecrãs quatro anos mais tarde, para um pequeno papel em "Médicos e Estagiários". Desde então, participou em mais algumas séries de televisão, como "The Good Wife".