Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Wolfgang Van Halen e Eddie Van Halen ao vivo em 2012

Getty Images

Filho de Eddie Van Halen revela que o pai não sofria unicamente de cancro do pulmão à hora da morte

Em 2017 os médicos deram-lhe seis semanas de vida, mas em 2019 o guitarrista sofreu um novo revés, conta agora Wolfgang Van Halen

Wolfgang Van Halen deu uma entrevista ao programa do radialista Howard Stern, na qual revelou que o seu pai não faleceu "apenas" de cancro no pulmão.

De acordo com Wolfgang, Eddie Van Halen recebeu um diagnóstico de cancro do pulmão em 2017, tendo-lhe sido dito que tinha apenas seis meses de vida.

Um tratamento alternativo, que Eddie cumpriu na Alemanha, acabou por prolongar a sua vida - mas um acidente de mota, em 2019, levou-o a descobrir que tinha também um tumor no cérebro.

"A partir daí, as coisas foram-se empilhando", afirmou Wolfgang. "Nunca tínhamos paz".

O filho de Eddie revelou ainda que o guitarrista estava a planear uma digressão de despedida dos Van Halen, que iria contar com os três vocalistas que passaram pela banda: David Lee Roth, Sammy Hagar e Gary Cherone, bem como com o baixista Michael Anthony.