Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tiago Bettencourt

Rita Carmo

Tiago Bettencourt: “Nas redes sociais, se não pensares desta maneira é porque és burro. Há um fecho à opinião fora do politicamente correto”

“Parece que te dizem tudo aquilo que tens de achar sobre determinados assuntos. É uma coisa muito perigosa e faz com que muita gente se sinta pouco escutada”, considera Tiago Bettencourt, que acaba de editar o álbum “2019: Rumo Ao Eclipse”. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Convidado do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Tiago Bettencourt falou sobre o significado das letras de algumas das suas canções novas, como 'Lança', na qual canta “Não sou do rebanho, não quero ser do rebanho/não sou raposa que segue, nem o cachorro que pede”.

Incluída no novo “2019 Rumo ao Eclipse”, esta canção tem um duplo sentido, explicou Tiago Bettencourt:

“Nas redes sociais, dizem-te aquilo que tens de achar sobre determinados assuntos. E se não achares, é porque és burro”, considera. “É uma coisa muito perigosa, que faz com que muita gente se sinta pouco ouvida. Há um fecho à opinião fora do politicamente correto”.

Ouça esta resposta, na qual Tiago Bettencourt fala também sobre o facto de nunca ter pertencido a qualquer movimento. A partir dos 5 minutos: