Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Marilyn Manson com Evan Rachel Wood

John Shearer/Getty Images

Marilyn Manson terminou entrevista quando a Metal Hammer o questionou sobre suspeitas de abuso sexual

A revista Metal Hammer quis saber o que pensa Marilyn Manson sobre as suspeitas de que agrediu, física e sexualmente, a sua ex-namorada, a atriz Evan Rachel Wood. O músico não gostou e desligou o telefone

Marilyn Manson foi confrontado com as suspeitas de que tratou a sua ex-namorada, Evan Rachel Wood, com violência, incluindo violência sexual.

Em 2018, a atriz testemunhou no Congresso dos Estados Unidos, partilhando os pormenores uma relação amorosa abusiva.

Ainda que não tenha referido o nome do alegado abusador, as datas da relação levam muitos a crer que se trate de Marilyn Manson, com quem Evan começou a namorar quando tinha 18 anos.

“Embora estas experiências já tenham acontecido há uma década, ainda sofro com as consequências; as minhas relações sofrem, os meus parceiros sofrem, a minha saúde mental e física sofre”, voltou a relatar Evan Rachel Wood em 2019, desta vez numa subcomissão do Congresso dos Estados Unidos para o Crime, Terrorismo, Segurança Interna e Investigações.

“Sete anos depois das minhas violações - no plural - foi-me diagnosticado síndrome pós-traumático, com o qual vivi este tempo todo sem ter conhecimento da minha condição. Achava apenas que estava maluca, que é como geralmente nos referimos aos problemas de uma mulher: loucura”.

Em 2019, outra ex-namorada de Marilyn Manson, Esme Bianco, da série “A Guerra dos Tronos”, também falou de uma relação abusiva com alguém que alegadamente a mordia, a cortou com uma faca durante a relação sexual e tirava fotos do seu corpo nu e ferido, publicando-as online sem o seu conhecimento. “Demorei sete anos a olhar para estes atos por aquilo que eram - violência doméstica”.

Agora, em entrevista à Metal Hammer, Marilyn Manson foi confrontado com as suspeitas de que agrediu sexualmente Evan Rachel Wood.

“É agora que vou para a sessão fotográfica, porque só falo sobre música. Não estou aqui para falar de boatos. Percebo que tenham de fazer essas perguntas, mas não quero falar de boatos, só de música”, começou o cantor por responder.

Depois da insistência do entrevistador, Marilyn Manson afirmou: “Como já disse, não me vou dignar a responder”, tendo desligado o telefone de seguida.

No seu site, a Metal Hammer explicou a razão pela qual fez esta pergunta ao norte-americano. “Não o estamos a acusar de nada. Só quisemos ter uma conversa sobre o assunto. Ele recusou”.