Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Lars Ulrich (Metallica): “Os concertos não vão voltar antes do final de 2021”

"A última coisa que vai acontecer será ter 20 mil pessoas numa arena ou 50 mil num estádio"

Lars Ulrich, dos Metallica, não acredita que os concertos para largos milhares de pessoas voltem a realizar-se antes do final de 2021.

Em entrevista à CNBC, o músico confessou que receia que, até lá, a pandemia de covid-19 não permita grandes aglomerados de pessoas.

“Como infelizmente temos de aceitar, a última coisa que vai acontecer [em breve] são grandes concertos. 20 mil pessoas numa arena, 50 mil pessoas num estádio”.

“As boas notícias são que, quando os Metallica e outras bandas como os Metallica estiverem a tocar em grandes arenas ou estádios, é porque a covid-19, como a conhecemos, já terá acabado".

"Mas pelo que sabemos, comparado com o que sabíamos há três ou há seis meses, é que infelizmente a espera vai ser longa. Diria que, na melhor as hipóteses, [os grandes concertos] voltarão no outono do próximo ano. É para aí que estamos a apontar”, revela Lars Ulrich.