Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

“Estas eleições ainda não acabaram”. Baterista dos System of a Down defende Trump até ao fim

“Trump lidou com uma crise de pandemia mundial e um encerramento total da economia perpetuados e instigados pelos seus adversários”. Na semana em que os System of a Down regressaram com música nova, John Dolmayan prossegue a sua defesa de Donald Trump e fala em fraude eleitoral

John Dolmayan publicou, nas redes sociais, um texto onde afirma que apoiará Donald Trump até ao fim.

O baterista dos System of a Down é um dos mais conhecidos e fervorosos apoiantes do ainda presidente, dentro do meio musical. Ao longo dos últimos meses, publicou teorias da conspiração e desinformação nos seus canais oficiais, sempre em defesa de Trump.

"Se a vontade do povo americano é a de que Joe Biden seja presidente, que seja", começou por escrever, "mas só se isto tiver sido obtido sem fraude ou conluio".

"O presidente [Trump] tem estado sob ataque cerrado há cinco anos por parte dos media e das redes sociais, bem como das grandes corporações e dos políticos de carreira, que o atacaram desde que decidiu concorrer".

"E porquê? Porque ele lidou com uma crise de pandemia mundial e um encerramento total da economia perpetuados e instigados pelos seus adversários", acrescentou.

"Provavelmente, não haverá outro não-político a candidatar-se. Quem perde somos nós. Estas eleições ainda não acabaram, nem devem, até que haja transparência total", concluiu, replicando boa parte dos argumentos dos apoiantes de Trump, que clamam pela existência de fraude eleitoral sem no entanto possuírem provas concretas.