Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Matt Sorum (em cima, à direita) nos Guns N’Roses em 1991

Os Guns N’ Roses em 1991 faziam tremer o mundo. Matt Sorum nunca tinha visto nada assim e descobriu-o no Brasil

As memórias do baterista dos Guns N’ Roses na era “Use Your Illusion”. O primeiro concerto que fez na banda foi no Rock in Rio, no Brasil, para 140 mil pessoas e o que aconteceu marcá-lo-ia para sempre

Matt Sorum deu uma entrevista a uma nova rubrica da marca de guitarras Gretsch, onde recordou os seus tempos nos Guns N' Roses.

O baterista apontou, especificamente, o primeiro concerto que deu com a banda, na edição de 1991 do festival Rock In Rio. Nesse mesmo ano, os Guns N' Roses editaram "Use Your Illusion I" e "Use Your Illusion II", álbuns que os colocaram definitivamente no topo da fama rock.

"Começámos a trabalhar nesses discos quando me juntei à banda [ainda em 1990], e fomos chamados a dar dois concertos no Rock In Rio, com os Judas Priest e os Megadeth a abrir cada noite. Foi uma loucura", contou.

"Estádios de 140 mil lugares, lotação esgotada. Mais o direto para a televisão. Comecei a passar-me antes do concerto, a perguntar se alguém sabia o alinhamento. E o Slash diz-me que não tinham um - pelo que eu não sabia o que se iria passar", continuou.

"O Earl Gabbidon, que tomava conta do Axl, dizia-me as canções com que iríamos começar o concerto. Nessa digressão, nunca houve um alinhamento. Aprendemos a dar sinais uns aos outros, com o olhar, ou com um riff".

"Nessa primeira noite no Rock In Rio, começámos com uma canção que ninguém tinha ouvido antes, chamada 'Pretty Tied Up', que tínhamos acabado de gravar. Comecei a tocar nos pratos e o público pôs-se a saltar", riu.

"Foi intenso. Só pensava que devia apertar o cinto, que ia ser uma maluqueira. E foi. Mas esse foi um dos pontos altos".