Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Keith Richards (Rolling Stones): “Estou escondido com a família e uns amigos, numa espécie de bolha”

“Pergunto-me quando poderemos livrar-nos desta coisa. Mas parece que vai ser um inverno duro”, acredita Keith Richards

O guitarrista dos Rolling Stones, Keith Richards, deu uma entrevista à Classic Rock, na qual revelou como tem lidado com a pandemia.

O britânico diz que a pandemia o tem afetado, “tal como a toda a gente. Estamos todos metidos nisto. Basicamente, estou 'escondido' com a minha família e alguns amigos, numa espécie de bolha, tal como vocês. Pergunto-me quando poderemos livrar-nos desta coisa. Mas de momento parece que vai ser um inverno duro”.

Quanto ao regresso aos grandes concertos, Keith Richards admite que, por enquanto, não vê “um plano B. É complicado, porque esta coisa serve para nos separar, quando só queremos estar juntos. Qual é a nossa melhor hipótese? Uma vacina? Isso ainda vai demorar. Acho que vamos ter de aguentar e fazer o que nos mandam: lavar as mãos, usar máscara e dar o nosso melhor. Esta coisa mata, pá. Temos de nos manter seguros”.

Keith Richards, que em dezembro celebra 77 anos, encontra-se a promover “Keith Richards And The X-Pensive Winos Live At The Hollywood, Palladium, um disco ao vivo gravado em dezembro de 1988, em Los Angeles, com os X-Pensive Winos, banda que o acompanhou no seu disco a solo, “Talk Is Cheap”, desse ano.

“Foi estranho ser eu o frontman”, admite o guitarrista nesta entrevista. “Quando me deixei disso, passei a apreciar muito mais o trabalho do Mick Jagger!”.