Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Gene Simmons dos KISS não acredita que Dave Grohl ou os Oasis sejam lendas do rock. E explica porquê

A opinião incómoda do baixista dos KISS. “Eu gosto muito deles mas...” existe um senão

Gene Simmons deu uma entrevista ao podcast "The Dennis Miller Option", na qual explicou o porquê de não considerar nomes como os Oasis ou Dave Grohl "lendas" do rock.

Segundo o baixista dos Kiss, o mundo anterior ao mundo digital "era mais honesto", e "repleto de talento". "Não havia um estilo pré-definido. Tinhas os Yes a existir ao mesmo tempo que os Doors e os Led Zeppelin, e soavam todos diferentes", disse.

"De 1959 a 1988 tivemos o Elvis, os Beatles, os Rolling Stones, o Jimi Hendrix. E podes acrescentar bandas modernas, que vieram daí: Kiss, AC/DC, Metallica, U2... De 1988 para cá, quem foram os novos Beatles?", questionou.

"Eu gosto muito dos Oasis, mas se andares pela rua a perguntar às pessoas quem eles são... Não sei se um quarentão o saberá. O estrelato universal é isto: gostem ou não, tenham ouvido ou não, toda a gente conhece o Elvis ou os Beatles".

"Adoro os Foo Fighters e o Dave Grohl, mas se perguntares quem é o baterista ou o guitarrista da banda, ninguém sabe. No caso dos Beatles havia o John, o Paul, o George, o Ringo. Mesmo nos Rolling Stones não creio que o público em geral saiba quem toca bateria - e não estou a desrespeitar o Charlie Watts", concluiu.