Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Fernando Ribeiro, dos Moonspell

Rita Carmo

Fernando Ribeiro (Moonspell): “Sempre fomos racionais. Preferimos não pedir um vinho de 70 euros. O dinheiro da música é muito volátil”

"Lá fora, em tournée, geralmente fazíamos uma refeição quente, que é o jantar, para depois irmos tocar. Quando começámos a tocar em Portugal, tentámos arranjar técnicos que pudessem trabalhar segundo as nossas condições". Fernando Ribeiro para ouvir no Posto Emissor

Fernando Ribeiro falou à BLITZ sobre alguns hábitos que a sua banda ganhou nas digressões internacionais.

"Sempre fomos extremamente racionais", diz. "Lá fora, em tournée, geralmente fazíamos uma refeição quente, que é o jantar, às 18h30/19h, para depois irmos tocar. Quando começámos a tocar em Portugal, nos concertos das câmaras, tínhamos de nos levantar muito cedo para ir comer a sítio tal, pagar um dinheirão... Tentámos arranjar técnicos que pudessem ir já almoçados e, por ser uma câmara a pagar - o Estado, indiretamente - não pedíamos um vinho que custasse 70 euros. O dinheiro da música é muito volátil", argumenta.

Pode ouvir esta resposta a partir de 1h 30m 27.